Podcast: o investimento inteligente em 2020 - Maximize Space

Maximize Space - Painel de Controle Profissional Maximize

Podcast: o investimento inteligente em 2020

Hoje em dia nem tudo na internet são textos e imagens, com os dias cada vez mais corridos as pessoas estão optando por meios de otimizar seu tempo, e o podcast é um deles, quer saber como? Confira.

Por Leticia Cruz dia em Maximize Space

Podcast: o investimento inteligente em 2020
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Essa mídia é uma das que mais cresce no Brasil, e está trazendo consigo muito mais proximidade com o público, e ainda informação direta.

Conheça agora porque o podcast é um investimento inteligente para o seu negócio esse ano.

Não temos nenhuma dúvidas de que 2019 foi o  ano dos #PODCASTS.

É, todo mundo sabe que este formato mídia já é muito popular há mais de uma década, porém no último ano os conteudistas e as marcas usaram e abusaram deste recurso para se comunicar constantemente e com qualidade com o público.

Os podcasts tem mostrado um crescimento expressivo a cada ano, com um aumento de popularidade de 27% em 2019 em relação ao ano anterior, isso de  acordo com um relatório da Edison Research, publicado pela Crunchbase.

A produção de podcasts no Brasil disparou na última década e meia e, mantida a tendência internacional, deve continuar em crescimento nos próximos anos. No total, a produção dos 100 principais podcasts brasileiros cresceu em 200 vezes desde 2005, chegando a mais de 3.400 episódios publicados em 2018. Em comparação, os 100 principais podcasts nos EUA produziram cerca de 5.800 episódios no mesmo ano.

Podcast: o investimento inteligente em 2020

 

Os dados são de uma pesquisa inédita feita pela agência Volt Data Lab com informações obtidas no site Pocket Casts, um grande agregador mundial de podcasts.

Foram considerados "episódios de podcast" todos os programas de áudio com mais de 3 minutos de duração. 

O surgimento de alto-falantes inteligentes, carros conectados entre outras novas maneiras de consumir podcasts,  nos dificulta dizer como serão os dados num futuro próximo,  o que podemos  prever é que eles se tornarão um conjunto ainda mais diversificado de opções para os ouvintes e podcasters.

Novos padrões, comportamentos e plataformas de escuta introduzirão novos desafios e oportunidades constantemente em nosso dia a dia.

Você ainda têm alguma dúvida de que os podcasts são um ótimo investimento?!

Você deve estar se perguntando agora, mas porque eu deveria fazer um podcast?


- Bom, se você tem uma história para contar, um conhecimento para compartilhar, o áudio é uma maneira mais íntima e relacionável de se fazer isso.

- As pessoas que ouvem podcasts se sentem conectados as marcas e as pessoas que os produziram.

Atualmente 21,5 milhões de brasileiros têm o hábito de ouvir podcast ao menos uma vez a cada sete dias, e esse número está aumentando, Essa pesquisa foi realizada pelo Ibope.

 Fazer podcasts também está se tornando mais popular. Antes, era necessário ter um microfone caro, profundo conhecimento técnico e muito tempo para poder produzi-los. 

No entanto agora que todos têm um ótimo microfone no bolso em seus aparelhos celulares, é possível que qualquer pessoa crie áudio atraente de qualquer lugar.

Vamos deixar para você as cinco principais vantagens de se produzir um podcast, veja:

 

1. FORNEÇA UM SITE ACESSÍVEL


Se os seus podcasts estiverem configurados em um site inacessível, algumas pessoas com deficiência podem não conseguir ou não querem encontrá-las ou usá-las, e você teria perdido uma grande audiência ao abrir a porta a riscos legais. Então, o primeiro passo é ter um site acessível.

Não sabe ainda o que é acessibilidade?Confira, abaixo, alguns princípios básicos:
 

  • É preciso que tenha contraste suficiente entre as cores do texto e o plano de fundo.
     
  • O conteúdo precisar ser acessado por leitores de tela e outras tecnologias assistivas. 
  • Todas as imagens precisam ter uma alternativa em texto. 
  • Tudo precisa ser navegável e operável por teclado, controle de voz e outros métodos além de um mouse. 
  • É importante que tenham alternativas para conteúdos, como áudio e vídeo.

 

2. FORNEÇA UM MEDIA PLAYER ACESSÍVEL


O media player que você escolher também afetará o quão bem, se for o caso, algumas pessoas podem reproduzir seu podcast.
Alguns dos itens que você precisa conferir:

  •  Os controles podem ser alcançados e eles funcionam com um teclado.
     
  • Os controles são identificados claramente e podem ser lidos pelos leitores de tela.
  •  As opções de reprodução estão igualmente disponíveis para todos e os controles são ajustáveis, conforme necessário.

 

3. FORNEÇA UMA TRANSCRIÇÃO


Indiscutivelmente, a consideração de acessibilidade mais importante para podcasts é fornecer uma transcrição de texto de todos os elementos de áudio. Isso significa mais do que apenas as partes faladas – inclui qualquer ruído de fundo, efeitos sonoros e outros componentes relevantes que acompanham a palavra falada.

É importante não confiar apenas nas transcrições geradas automaticamente, pois elas tendem a não ser totalmente precisas. Se você usá-las, lembre-se de editá-las para que você forneça um conteúdo de qualidade.

Uma sugestão é começar com o script de podcast, se disponível, e editar conforme necessário. Muitos produtores de podcast escrevem um script ou estrutura de tópicos para que ele tenha um excelente ponto de partida.

A Rock Content preparou um conteúdo com sugestões de ferramentas de transcrição de áudio. Confira no site deles.

 

4. FORNEÇA LEGENDAS (TALVEZ)


Alguns podcasts incluem um elemento de vídeo para que haja alguma mídia visual para acompanhar o áudio. Se o seu podcast for desse tipo, você precisará fornecer legendas ocultas.
Assim como nas transcrições, é importante que tenha legenda de todos os elementos de áudio no vídeo. Novamente, verifique se as legendas estão livres de erros e não confie apenas nas ferramentas de geração automática.

 

5. OFEREÇA MÉTODOS ALTERNATIVOS


Por fim, você pode oferecer maneiras alternativas de salvar e reproduzir seus podcasts.

Ofereça sua série de podcast em um arquivo zip para que as pessoas baixem e ouçam da maneira que funcionar melhor para elas, talvez com seu media player preferido.

Faça o vídeo dos seus podcasts enquanto os lê, semelhante à forma como alguns programas de rádio populares podem ter uma versão em vídeo.

Algumas pessoas gostam ou podem seguir melhor o conteúdo quando também podem vê-lo.

Disponibilize seus podcasts com controles de voz, como o Alexa.

 

Fonte das dicas: Conteúdo traduzido e adaptado do site Bureau of Internet Accessibility

 

Notas finais

E aí?! Gostou das dicas?

Compartilhe em suas redes sociais e marca aquele amigo que está á procura de idéias promissoras.

Continue com a gente e conheça alguns fundamentos do design UX.

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: