Otimizando seu canal: dicas práticas para você alavancar o seu canal - Maximize Space

Maximize Space - Painel de Controle Profissional Maximize

Otimizando seu canal: dicas práticas para você alavancar o seu canal

Você têm uma missão difícil pela frente se quiser se destacar entre os mais de 300 mil vídeos postados diariamente no YouTube. Por isso nós vamos te ajudar com dicas valiosas para o seu canal.

Por Leticia Cruz dia em Maximize Space

Otimizando seu canal: dicas práticas para você alavancar o seu canal
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Nos dias atuais é comum alguém dizer que têm um canal e quer viver de YouTube. Com toda certeza você já deve ter ouvido isso em algum lugar.

Porém virar destaque não é assim tão simples. Se a pessoa não souber como otimizar seu canal, o que é um sonho pode se transformar num pesadelo de inúmeras tentativas consecutivas, e sem nenhum sucesso. 

Ter alguma familiaridade com ferramentas de webmaster do Google ajuda muito se você está começando agora.

Mas se você já fez várias tentativas e não alcançou o sucesso desejado ainda, apenas estude mais e continue tentando que você também vai conseguir, ou então consiga ou contrate alguém que possa te ajudar.

Pensando nessas dificuldades, nós vamos deixar aqui para você um conteúdo rico em informações específicas e valiosas, que vão te auxiliar para otimizar seu canal.

Podemos afirmar que quando uma pessoa entra no seu canal ele funciona como um cartão de visitas, ou deveria, não é mesmo? 

Muitas pessoas pecam nas escolhas ao elaborar seu canal, e isso dificulta muito na hora de prender a atenção do público.

Mas ai você pode se perguntar, "mas como posso otimizar meu canal ao ponto dele se tornar atrativo e se destacar?".

Seu canal precisa estar com a sua cara, precisa mostrar quem você é, a escolha de uma bela arte para sua capa e seu perfil é a primeira coisa a se pensar.

O nome do seu canal também deve ser pensado com cuidado, ele não precisa ser complexo, na verdade quanto mais simples, mais fácil será de ser lembrado.

Você pode usar o nome da sua marca, da sua empresa, um nome diferente e criativo ou simplesmente colocar seu próprio nome no seu canal. Porém isso dependerá do tipo de conteúdo que você pretende produzir.

No caso do seu canal ser um vlog, o que é mais comum hoje em dia, provavelmente a escolha mais objetiva será colocar seu próprio nome. O que também te dará muito mais flexibilidade quando for escolher assuntos para produzir conteúdo. 

Fazendo assim você não precisará ficar preso a um tipo de público somente, podendo fazer conteúdo sobre tudo que estiver em alta no momento, e também sobre você mesmo. 

Deixe claro o que você traz de valor para os inscritos do seu canal, procure sempre produzir conteúdo relevante, e entregue sempre o que você prometeu.

Por exemplo, se eu canal for de curiosidades, entregue curiosidades, se for comédia, entregue comédia, assim sucessivamente. 

Facilite o acesso ao seu conteúdo, faça um vídeo de qualidade tanto em áudio como em imagem. E lembre que você tem aproximadamente quinze segundos para prender a atenção da pessoa que está assistindo, se ela não se interessar vai sair do seu vídeo e provavelmente ali nos primeiros segundos você já perdeu um novo usuário.

 Mostre que você tem conhecimento do que está passando para o seu usuário e deixe claro o que eles vão aprender continuando à assistir o seu vídeo, isso passa credibilidade e gera confiança.

Fazer uma chamada clara, ter um trailer no seu canal, ter um bom conteúdo, deixar claro o que você vai ensinar e como vai ensinar, mostrar o real valor do seu conteúdo, tudo isso pode aumentar suas chances de converter o assinante.

Falando em conteúdo, você já definiu o seu?

Você sabia que existe dois tipos de conteúdo? Vamos te mostrar quais são eles. Veja:

 

Conteúdo viral

É um conteúdo de grande repercussão, viraliza nas redes sociais e whatsapp. Na maioria das vezes com assuntos engraçados ou fofinhos, vídeos normalmente curtos e que são produzidos em grande quantidade.

Muita gente acredita que esse tipo de conteúdo viraliza por acaso. Porém, muitas vezes não, pois eles podem ser minuciosamente planejados para alcançar a proporção desejada. 

 Um conteúdo viral com foco em vendas, por exemplo, pode ajudar e muito a alcançar uma meta desejada. 

Sabemos que hoje as redes sociais fazem parte da rotina de milhares de pessoas, e isso é muito bom para quem produz conteúdo viral,  pois da a garantia de que muitas pessoas vão ser atingidas.

Lembramos também que o conteúdo viral pode ser em qualquer formato: texto, vídeo, imagem, etc.

No entanto, ele precisa chamar a atenção, fazer rir, chorar, ou então ser criativo, com algo útil, etc.

 

Conteúdo educacional/de nicho

Por outro lado, esse tipo de conteúdo não está focado em quantidade e sim em qualidade.

Normalmente são baseados em muita pesquisa, e têm foco em atingir determinado público, com informações relevantes que agregam aprendizado, habilidades, atitudes e/ou solucionam dúvidas e problemas de assuntos determinados pelo nicho que você escolher, como por exemplo:

  • crianças;
  • adultos;
  • informativo; 
  • curiosidades;
  • saúde.

 

Existem vários detalhes que você deve dar atenção quando for criar ou otimizar seu canal no YouTube, acompanhe:

 

Preste atenção na sua CTA (Call to actions)

Pense numa chamada a ação que inclua o resultado que você vai entregar, caso seu usuário faça o que você está pedindo, use frases objetivas como:

  • Click aqui;
  • Acesse aqui;
  • Assine aqui;
  • Comece agora!;
  • Click aqui se você quer aprender a trabalhar em casa;
  • Click aqui se você quer aprender a trabalhar na internet.

Seja cuidadoso, sua CTA depende muito do que você pretende alcançar com ela. No caso de um canal sua chamada para atenção deve ser focada em curtidas e adquiri novos seguidores. 

No entanto, se você tiver algum conteúdo que possa oferecer ao seu usuário, também poderá fazer uma CTA no vídeo direcionada a ele, que pode ser um curso, um e-book, dicas grátis. Seu objetivo será manter o engajamento da sua audiência até aquele momento.

A CTA pode aparecer tanto no início como no final do vídeo. Tenha sempre o pensamento de produzir conteúdo em série, isso prende a atenção do usuário para o próximo vídeo que você irá laçar.

 

Thumbnails personalizadas

É válido ter em mente que a sua thumbnail está concorrendo com milhares outras  que aparecem nas buscas do YouTube.

Use cores chamativas, coloque uma foto com expressão para chamar atenção e lembre-se de usar letras grossas para facilitar que o usuário possa visualizar com facilidade oque está escrito.

O YouTube disponibilizou dados que mostram que 60% dos clicks e vews são ocasionados pelas thumbnails.

Pensando nisso vamos deixar cinco dicas para suas thumbnails se tornarem irresistíveis:

  1. Crie uma identidade visual geral do seu canal, manter uma linha visual constante ajuda seu público a reconhecer que aquele vídeo pertence ao seu canal.
  2. Coloque pouco texto, palavras principais já são o suficiente; use sempre fontes grandes para facilitar a leitura. Cuidado com o contraste, fundo escuro fonte clara, fundo claro fonte escura, siga o bom senso para manter legível o que você escreveu. Use pesos diferentes nos  textos, use negrito, caixa alta ou em capslock para deixar em evidência a palavra que você quer destacar;
  3. Cuidado com a escolha da/das imagens que vão estar em sua thumbnail. Busque sempre imagens que tenham a ver com o conteúdo e que chamem atenção.
  4. Tente fugir do padrão, faça algo diferente, não precisar ser sempre apelativa a sua thumbnail.
  5. Use ferramentas para ajudar fazer suas thumbnails, como Adobe Photoshop e Ilustrator, elas facilitam na hora de fazer suas imagens.

 

Vídeos longos X Vídeos curtos

Depois que você souber que tipo de conteúdo quer produzir, qual será seu nicho, qual o público deseja atingir, quando você já souber como fazer e usar as thumbnails a seu favor, ai tá tudo ok?! Certo? Não!

Agora vêm aquela dúvida cruel, fazer vídeos longos ou curtos? Qual será a melhor opção? 

 E a resposta é... Depende. Isso mesmo.

Se seus vídeos forem de tutorial e/ou dicas, a melhor opção é que sejam curtos e objetivos. 

Todos sabemos que quando se trata de tutorial ninguém quer saber de enrolação, quando temos algum problema , ou precisamos sanar alguma dúvida, queremos a resposta pra ontem.

Ou seja o na maioria das vezes o público tem pressa. Então o ideal é que seu conteúdo seja objetivo, completo e curto.

Porém se você faz vídeos de nicho educacional nada impede que eles sejam mais logos, apenas tome cuidado para que não se tornem maçantes, extensos demais e assim fiquem cansativos.

A maior dica aqui é que, se você está começando agora no YouTube o ideal seria que produzisse vídeos curtos.

Lembre sempre que o áudio é tão importante quanto o vídeo, ou seja, ele também precisa ser de qualidade, e se você quiser poderá até fazer dele podcast, podendo colocar uma nova abertura e encerramento.

 

Descrição

Capriche na descrição, é aqui que você vai apresentar seu canal, não só para o seu público, mas também para o mecanismo de busca do YouTube, e assim ele ai saber o que ele encontrar no seu canal. 

Ter uma boa descrição faz parte da identidade do seu canal, e isso é muito importante, você vai ter acesso a ela e poder personalizá-la através da aba sobre, que existe na sua página no YouTube.

 

Playlists

Elas são especialmente uma maneira de direcionar o seu público, para que eles assistam alguns conteúdos em uma ordem específica.

Mas a melhor parte da playlists é que além de você dar um título específico para aquela sequência de vídeos, oque é extremamente importante, já que a playlist pode ter um título próprio, também é possível adicionar uma descrição a ela.

Você só precisa clicar na playlist, e depois em ver playlist completa. Assim então você poderá editar, podendo assim colocar uma descrição, que além de descrever sobre o conteúdo dos vídeos, também ajudará o mecanismo de busca do YouTube avaliar se aquela playlist é relevante para determinadas pesquisasse de sobre oque ela se trata.

Elas servem como ferramenta de otimização para os mecanismos de busca, é uma técnica de SEO  para os algoritmos do mecanismo de busca do próprio YouTube. Para saber de que forma seu conteúdo tem ligação com determinado assunto.

 

 Título

Deixe essa parte para o final. Quando for criar seu título, tente se colocar no lugar do usuário que irá fazer a pesquisa, imagine o que ele colocaria na aba de busca se fosse procurar algo relacionado ao conteúdo que você criou, essa linha de pensamento vai te ajudar muito a criar um título de qualidade.

Seu título precisa resumidamente e simplificadamente deixar claro do que se trata seu vídeo, ele também precisa ser chamativo e que desperte a vontade no usuário de clicar e assistir. 

Tente fazê-lo com no máximo cinco palavras, ele precisa ser lido em menos de três segundos, que é a média de tempo que uma pessoa usa para visualizar as thumbnails e títulos. 

 

Não engane o usuário, seja direto, não esconda as informações que realmente a pessoa vai encontrar em seu vídeo.

Mas por que deixar o título para o final? Lembra daquela velha regrinha de redação, que dizia para fazer o título após terminar o texto?

 Então, ela também serve para os vídeos. Primeiramente pense, elabore e coloque seu conteúdo em vídeo. Depois de concluir essas etapas, ai sim você pensa no título. 

Lembre-se que títulos que geram curiosidade são muito mais chamativos, por exemplo, se seu vídeo falasse de mamão, qual título você colocaria?

Vamos deixar aqui duas opções de títulos:

  1. Mamão e etc.
  2. A melhor fruta para o café da manhã!

Certamente o segundo título chama muito mais atenção, e se fosse usado como título em algum vídeo certamente receberia muito mais like que o primeiro, simplesmente pelo fato de gerar curiosidade.

Sempre que for possível, e se for conveniente, use emojis coloridos em seus títulos, seja criativo.

Você também pode usar os ícones, porém com moderação para não exagerar.

E claro não deixe de pesquisar seus concorrentes, conhecê-los vai te ajudar a visualizar o que está dando certo ou não. E também pode te dar ideias para novos conteúdos.

 

Notas finais

E ai, gostou do nosso artigo? Você já usa alguma dessas técnicas de otimização?

Para ser um youtuber de sucesso é só seguir a risca todas as nossas dicas e bombar o seu canal.

Compartilhe essas informações com aquele seu amigo que têm um canal que precisa de uma turbinada com urgência ;)

Continue com a gente, nós temos muito mais conteúdos valiosos pra você.

Então, você já sabe o que é Persona? Para que ela serve? E como usá-la?  Fique por dentro desse assunto e saiba como usar essa estratégia de marketing à seu favor. :)

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: