Conheça alguns fundamentos do Design UX - Maximize Space

Maximize Space - Painel de Controle Profissional Maximize

Conheça alguns fundamentos do Design UX

Toda relação que as pessoas têm com um produto, geram experiências boas ou más que são chamadas de UX.

Por Leticia Cruz dia em Maximize Space

Conheça alguns fundamentos do Design UX
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

UX é nada mais que um termo que é utilizado para mencionar a relação de uma pessoa com um produto, serviço, objeto, aplicativo, software, etc.


Fundamentos da UX

 

Já se deparou com as instruções de produtos que na teoria eram simples, mas que por fim acabaram sendo além de complicadas, muitas vezes desastrosas.

Você assim como eu já deve ter tentado abrir um simples sachê de maionese, mostarda ou ketchup, neles vêm escrito que “abre fácil”. Mas e ai?

Quantas vezes você fez bagunça abrindo um simples sachê? Pode não ter sido todas as vezes que deram errado, mas tenho plena certeza que muitas dessas tentativas acabaram tendo como resultado uma camisa suja e dedos lambuzados, não é mesmo?!

 Quero te mostrar que a experiência do usuário não se encaixa apenas para softwares.

A relação que você tem com seu celular, sua máquina de lavar, com um aplicativo, com um prato de restaurante, ou qualquer outro produto pode ser medida através de termos de UX, sendo essa experiência positiva ou não.

É bom ter em mente que UX refere-se ao uso de alguma coisa, se o produto conseguiu alcançar o resultado que prometeu.

Tente se colocar no lugar do usuário, sinta como ele iria reagir usando seu produto, isso é basicamente a essência da experiência do usuário. Resumidamente UX é ter uma preocupação maior com o usuário do seu produto.

Mas então, como fazer UX?

Para isso é preciso projetar a experiência do usuário. Porém não quer dizer projetar alguém feliz por uma compra, pois sabemos não é possível mudar o humor das pessoas.

Por exemplo, no exato momento que o cliente está fazendo sua compra ele pode ter acabado de brigar com o irmão, namorada ou parente, fazendo com que ele esteja triste, desapontado, chateado ou com raiva.

Oque você pode fazer é projetar um espaço para que a experiência positiva possa acontecer, independente de como seu cliente está se sentindo no momento. Projetar um ambiente ou situação propícios para que a UX positiva aconteça.

Use um design centrado no usuário, e deve ser fundamentado na ideia de que seu projeto, produto, prato, aplicativo ou qualquer outra coisa que você esteja oferecendo não esteja sendo feito para você.

UX é tentar entregar ao usuário o que ele espera que o produto realize por ele.

 

Fundamentos da UX

 

Colocar seu usuário como prioridade faz com que você alivie sua carga de responsabilidade de dizer que algo têm que ser de determinada maneira, pois na maioria das vezes o seu cliente é totalmente ou parcialmente diferente de você, pode ser que ele torça para um time diferente do seu, não goste das mesmas cores que você, não frequente os mesmos lugares, não curta suas músicas favoritas, etc.

Para que isso se torne fácil é preciso que seu produto tenha uma finalidade, um objetivo.

Como definir o objetivo do seu produto?

Tenha em vista qual é o objetivo do produto que você está oferecendo, defina com clareza a função que ele vai exercer, é muito importante não fazer promessas fantasiosas de coisas que seu produto não faz, as vezes isso poderá até chamar a atenção do público por estar parecendo que você oferece um item com várias funções, multiuso.

No entanto, ao se desapontar a UX do cliente não será positiva. Deixe sempre nítido o que exatamente seu produto faz, faça com que o usuário consiga usá-lo com facilidade e eficiência.

Desenvolva um item de fácil entendimento e que realize com excelência o que prometeu. Para que o usuário não se frustre ao fazer uso do seu produto e não conseguir alcançar o resultado almejado.

Sabendo disso você precisa conhecer seu usuário para poder saber quais são as exigências dele em relação ao produto desejado.

Como conhecer o seu usuário?

A melhor maneira de se conhecer o usuário é fazer uma pesquisa de campo, saber especificamente como ele usa seu produto no contexto do seu dia a dia.

Se possível saia do escritório e se permita explorar lá fora e conhecer seu usuário a fundo. Você pode fazer sua pesquisa através de vídeos, observação em tempo real ou até mesmo por entrevista.

O importante mesmo é que você consiga ver o usuário no momento que ele está fazendo uso do seu produto.

Tendo esses dados em mãos você pode planejar um momento de UX positiva para o seu cliente.

Se por acaso você optar por fazer uma entrevista, não faça notas, apenas escute e fale pouco. Treine seus ouvidos, para que você faça suas anotações e observações somente quando retornar ao seu ambiente de trabalho.

Ao entrevistar usuários de diferentes perfis será possível traçar os objetivos, restrições,as dores e os desejos comuns entre eles, você pode fazer um banco de dados ou uma planilha com as informações coletadas.

Podendo assim se organizar e descobrir o porque seu cliente escolheu o seu produto para suprir suas necessidades, e também pode conseguir saber se falta algo para que seu produto atinja a excelência.

 Quanto mais dados você conseguir coletar, mais fácil vai ser para que você possa traçar o perfil da sua persona em potencial e poderá focar nas dores dela e aprimorar cada vez mais o seu produto para que ele supra todas as necessidades apresentadas, solucione todos os problemas do usuário e atinja os abjetivos desejados, e com isso ter uma UX sempre positiva.

Então agora que você ja sabe os fundamentos da UX, realize suas pesquisas e coloque em prática todas essas dicas que deixamos para você!

Leia também nosso artigo sobre os cinco pilares de uma campanha de vendas de sucesso e fique por dentro de todos os assuntos mais comentados no momento!

 

 

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: