Employer Branding - Maximize Space

Maximize Space - Painel de Controle Profissional Maximize

Employer Branding

Employer Branding tem a ver com pessoas, e com experiências e em como anda seu relacionamento com seus colaboradores, como você tem feito esse contato, essa técnica vai te ajudar a reduzir sua taxa de turnover como também personalizar cada vez mais esse contato. Veja.

Por Leticia Cruz dia em Maximize Space

Employer Branding
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Persuadir, chamar atenção, e literalmente agarrar os melhores colaboradores, os que apresentam as melhores habilidades, e assim reduzir consideravelmente o turnover da sua empresa são alguns dos maiores desafios enfrentados no dia a dia de um gestor na área de RH.

A grande competitividade recorrente entre as empresas exige uma movimentação constante, visando sempre aprimorar as técnicas para chamar atenção daqueles profissionais que estão realmente preparados e que estão em destaque no mercado.

Hoje em dia as coisas mudaram, não são somente as pessoas que estão atrás das vagas em aberto das empresas.

As empresas com vagas em aberto estão de olho sempre em contratar os melhores profissionais.

Afinal, mais vale chamar a tenção de poucos, porém que tenham as habilidades que você precisa na sua empresa, do que ter uma vaga em aberto e mil candidatos aleatórios. 

Conseguir otimizar esses processos de atração de colaboradores certos, com toda certeza faz com que aumente a produtividade e diminua consideravelmente os custos provenientes das etapas de contratação e capacitação de novos colaboradores.

Mas você sabe como é possível transformar sua empresa num lugar em que todos desejam entrar e nenhum colaborador quer sair?

Vou apresentar para você agora o Employer Branding, e ele possivelmente fará com que isso aconteça dentro sua empresa.

Quer saber como!? Continue com a gente e confira.

Vamos deixar aqui informações muito importantes de como essa técnica pode ser útil e eficaz se bem feita.

 

Employer Branding

Mas afinal, o que é Employer Branding?

Traduzido do inglês - A marca do empregador descreve a reputação do empregador como um local de trabalho e sua proposta de valor para o funcionário, em oposição à reputação da marca corporativa mais geral e à proposta de valor para os clientes. Esses são dados retirados da Wikipédia.

Ou seja, Employer Branding nada mais é que que técnicas e estratégias especificas, empregadas para gerar uma percepção positiva do mercado em relação à sua empresa ou local de trabalho.

Estamos vivendo em um cenário cada vez mais competitivo.

A maior parte das empresas estão se adaptando gradativamente e adotando o employer branding com o intuito de reter e manter os melhores colaboradores, crescer, para assim se tornar destaque entre os concorrentes.

Essa estratégia tem como finalidade reforçar os pontos positivos da experiência de como é trabalhar na sua empresa, tendo em vista fortalecer a imagem da mesma, e também atrair futuros colaboradores verdadeiramente talentosos para o seu quadro de funcionários.

Sendo assim, executando o Employer Branding corretamente, os colaboradores passarão a ver a sua empresa como a melhor opção para sua carreira.

Seus colaboradores e futuros colaboradores verão a sua empresa como oportunidade para o desenvolvimento do seu potencial produtivo no dia a dia e também valorização profissional.

E isso fará com que candidatos talentosos queiram disputar as vagas  que você disponibilizar, e seus atuais funcionários se manterão sempre empenhados ao máximo para permanecerem dentro do seu time.

Já parou pra pensar em qual seria o resultado?!

A consequência seria a construção de equipes bem preparadas, motivadas e de alta performance, o aumento expressivo e gradativo constante da produtividade da sua empresa, e também das condições de competitividade da mesma no mercado. Isso seria ótimo, não é mesmo?!

Mas e seus consumidores? O employer Branding serve para eles também. Veja como e porquê.

Para conseguir manter seus consumidores engajados em torno da sua marca, é preciso primeiramente, garantir o envolvimento dos colaboradores com as propostas e valores da sua empresa.

Pois são eles que estarão na linha de frente, passando para os clientes os seus diferenciais, certo?

No entanto, da mesma maneira como acontece com seus clientes finais, não é nada fácil conseguir defensores verdadeiros internamente.

Porém isso é cada dia mais importante, principalmente para quem resolveu investir no employer branding da empresa.

Fazendo o uso de uma tradução livre, posso dizer que employer branding se trata da sua reputação como empregador. 

Normalmente esse conceito é associado ao sucesso das empresas na hora da seleção e no recrutamento de profissionais como colaboradores, mas é sempre bom pensar nele também no momento de reter esses colaboradores.

Quando  você for analisar como sua empresa pode melhorar a imagem perante os funcionários, é comum pensar nas políticas adequadas de remuneração.

É mais que óbvio que esse é um fator de suma importância. Porém quem atua com gestão de pessoas têm o conhecimento que somente isso não é o suficiente.

Todos sabemos que estamos passando por um momento onde as empresas dependem de valores intangíveis pra se tornarem diferentes das concorrentes.

Por isso ter pessoas, colaboradores ou não, que ajudem a transmitir seus valore e qualidades pode, e faz uma grande diferença nos resultados.

 

Employer Branding

Jeff Bezos, CEO da Amazon.

 

Além da sua importante contribuição na construção e na manutenção de defensores para sua empresa, as técnicas de employer branding também acabarão tendo impacto positivo na questão da produtividade, como já disse acima.

E é bem fácil imaginar o porque de isso  acontecer. Analise comigo.

Quando nos sentimos mais satisfeitos com o nosso trabalho e temos orgulho da empresa onde trabalhamos, procuramos sempre redobrar os esforços, visando corresponder às expectativas do empregador.

Outro aspecto considerável é a concorrência.

Se trabalhamos numa companhia que é destaque como um bom lugar para ser colaborador, sabemos que nossa posição será sempre disputada, portanto, não está garantida.

Com uma boa reputação, a atração de pessoas qualificadas será sempre constante, seus colaboradores farão sempre o melhor para se manterem no time e isso se tornará um ciclo virtuoso.

Quanto melhor for a imagem da empresa no mercado, com seus colaboradores e clientes, mais fácil será de estabelecer boas negociações.

Uma vez que os fornecedores entendem que podem agregar valor à sua operação quando se associam às empresas que têm boa reputação.

 

Eai! Afinal, quais são as melhores técnicas de employer branding?

Agora que já explicamos a importância que se tem em transformar a sua empresa em uma das mais desejadas para se trabalhar, então é hora de mostrar quais são os aspectos que propiciam para que isso venha acontecer.

Primeiramente, é necessário definir (ou identificar sendo mais objetivo) os valores que sustentam o seu negócio.

Um projeto assim para que possa ser construído de maneira correta, deve ser feito a partir dos pilares estratégicos da empresa, ou seja, deve ser o planejado através da cultura da sua empresa.

Uma das mais importantes recomendações, nessa ocasião, é garantir que a marca estabeleça uma missão, visão e valores que trabalhem em conjunto para conseguir que seu negócio seja diferenciado.

Tudo que falei até aqui soa como obvio, porém, você sabia que nem todas as empresas dão a devida atenção a essas técnicas?

Bom agora acompanhe comigo as melhores técnicas que vão te ajudar na hora de criar suas estratégias de employer branding, e também facilitarão colocá-las em prática de maneira correta e eficaz.

 

Employer Branding

 

Planejamento:

Seu projeto de employer branding levará algum tempo para ser consolidado.

Pensando nisso, a melhor estratégia que posso te indicar é fazer um planejamento, no papel ou em algum outro lugar que você possa estar consultando depois, o que pode ser feito a curto, médio e/ou longo prazo.

Quando você definir suas iniciativas deve considerar seus objetivos, e também seus recursos disponíveis par por tudo em prática depois, o cronograma criado por você deve ser viável, baseado em dados reais e nos indicadores que serão utilizados na hora da mensuração dos resultados.

Não se descuide dessa última etapa, uma vez que sem acompanhar os KPIs adequados é impossível avaliar a efetividade das ações.

 

Foco:


É fato que o ideal é ter políticas apropriadas de remuneração e de capacitação para todos os níveis de cargos, dos seus colaboradores dentro da empresa.

Esteja atento: da mesma forma como acontece na relação da marca com os consumidores finais, tem algumas outras coisinhas que voê precisa dar atenção, veja.

Lembre-se que existem alguns segmentos de públicos dentro da sua empresa que além de gerar resultados muito mais rápidos, ainda vão ajudar na implementação do seu projeto de employer branding.

No entanto, tenha sempre em mente que é impossível elevar a reputação da sua  empresa como empregadora no mercado sem obter primeiro o engajamento da liderança.

Os gestores de cada uma das áreas da sua empresa têm um papel extremamente fundamental dentro desse processo, principalmente porque são eles que conseguem o feedback diretamente dos colaboradores.

 

Experiências:


Marketing de experiência é algo cada dia mais valorizado nas estratégias das empresas, porém muitas se esquecem de avaliar o que acontece no dia a dia de trabalho das equipes.

Ainda que para as empresas as pessoas representem funções diferentes, a verdade é que o seu colaborador deve ser visto como um consumidor potencial da marca. Isso implica que ele deve ser o primeiro a validar as suas iniciativas.

Pense nisso: a sua empresa hoje considera no desenvolvimento de suas políticas internas todas as características do consumidor atual? Reconhece que se trata de um público mais exigente e que demanda abordagens mais personalizadas? Tem usado a tecnologia para abordá-lo da melhor forma?

No ambiente interno, esta é uma questão prioritária: não basta ter boas iniciativas, é preciso comunicá-las da forma apropriada. Não basta fazer, é preciso mostrar o que tem sido feito, garantir a repercussão adequada para a estratégia.

Não se esqueça de que reputação se constrói a partir da percepção do outro.

O employer branding depende da forma como a empresa é vista pelos colaboradores e possíveis candidatos e não da maneira como ela se enxerga!

 

Marketing de Conteúdo:


 Tem dúvidas sobre a necessidade de usar o Marketing de Conteúdo nas estratégias para o público interno?

Reflita sobre isso comigo agora.

Até que ponto o que seus colaboradores publicam em suas redes sociais interfere na visão da sua marca?

Cada empresa pode, e deve, estabelecer regras para que assim possa organizar e expor sua  marca por parte da equipe interna, mas é difícil controlar 100% de todas as mensagens.

A melhor estratégia a ser escolhida, então, é estar sempre de olho nas citações sobre a empresa e, garantindo que esses compartilhamentos sejam usados a favor da empresa.

No entanto, o que não faltam são possibilidades de garantir que os profissionais trabalhem em função da reputação da empresa.

A princípio, nesses casos, é interessante ter um plano de divulgação estruturado, com material específico alinhado entre as diversas áreas da empresa.

 

No decorrer do dia a dia da sua empresa, além de desenvolver materiais específicos para o público interno.

Tenha em mente que a sua equipe deve ser priorizada. 

Lembre-se que quanto mais envolvido o colaborador estiver com os processos internos da sua empresa, melhor.

E saiba que quanto mais positivo for o olhar dos seu colaboradores com relação tua empresa, maiores serão as chances de a companhia obter sucesso com a sua estratégia de employer branding.

Ou seja, os cases de sucesso são exemplificados através de um comportamento de coragem e perseverança, que foi adotado pelos principais gestores.

A questão é que, a união e o desejo de prosperidade vão delinear o formato de como a sua empresa deseja se apresentar no mercado para chamar a atenção tanto de profissionais, quando de consumidores.

E no entanto, tudo depende de você de como a sua marca será conhecida.

 

Notas finais:

E você já faz o uso do employer branding no seu negócio?

Comenta ai com a gente, como foi a sua experiência com essas técnicas.

Aproveita e compartilha em suas redes sociais e ja marca ai aquele amigo empreendedor que ta precisando de um toque =)

Leia também os cinco pilares de uma campanha de vendas de sucesso, e fique por dentro de muito mais assuntos importantes.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: