O segredo dos vídeos que convertem - Maximize Space

Maximize Space - Painel de Controle Profissional Maximize

O segredo dos vídeos que convertem

Se os vídeos ainda não são a sua peça chave para o plano de marketing, você deveria parar e pensar nisso agora, veja o porque.

Por Leticia Cruz dia em Maximize Space

 O segredo dos vídeos que convertem
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Criar vídeos não terá somente a finalidade de entreter e educar os seus leads, será preciso que seus vídeos os convertam em clientes. Mas como fazer isso??

Fique comigo que te explicarei detalhadamente a maneira correta de se fazer esse processo.

Pense sempre que o conteúdo do seu vídeo precisa ser persuasivo ao ponto de fazer com que as pessoas tomem ações, as quais irão beneficiar seu negócio, beneficiar de uma maneira além do compartilhamento e comentários dentro das redes sociais.

Você está fazendo vídeos que realmente incentivam as pessoas a entrar no seu blog, assinar sua lista de e-mails, baixar e/ou usar algum software por um período de testes ou comprar seus produtos e serviços?

Está tendo um bom retorno? Seus vídeos tem superado suas expectativas?

Vou te mostrar agora como criar um excelente conteúdo que converte para seus clientes em potencial. 

E para que isso aconteça vou te dar 4 dicas, confira.

 

1- Identifique sua audiência

Você já conhece seu público alvo?

Quais as pessoas estão mais propensas a se tornar seus clientes?

Nunca pule essa parte, ela é muito importante para que seus resultados finais deem certo.

Tem pessoas que simplesmente assumem que todas as pessoas são potenciais interessados. E isso, sinceramente, é uma grande furada. 

Há muito tempo atrás, ter um público-alvo era algo simples. Bastava dizer que seu produto era feito para pessoas de 18 a 60 anos. Se pensarmos em um carro, por exemplo, essa definição até então funcionaria bem.

Contudo, não é surpresa para ninguém que atualmente só isso não seja o bastante. O perfil do consumidor é cada vez mais específico, com muito mais nichos e necessidades especiais em cada um deles.

Não tenha medo de deixar algum grupo em específico pra trás, isso não será ruim, afinal você estará focando no seu público-alvo, o que aumenta suas chances de conversão.

Entenda que fazer um anúncio de vídeo sem foco, visando todos os públicos e faixas etárias é um tiro no escuro, e na maioria das vezes um tiro no pé também, ou seja, não dá certo.

Existem algumas perguntinhas que podem e ajudar com isso, veja.

 

  • Onde esses consumidores(as) moram?

  • Qual o sexo delas(es)? Homens exclusivamente? Mulheres? Jovens, adultos ou idosos?

  • Estudantes ou profissionais?

  • Quais as profissões exercitam?

  • Quais os interesses e hobbies mais comuns deles?

  • São tímidos? Extrovertidos? São sociais, ou mais individuais?

  • O quão técnico eles são?

 

Uma vez que você já saiba quem são as pessoas com as quais precisa dialogar e como seu produto ou serviço pode impactar positivamente suas vidas, é hora de entender efetivamente quais os dados em comum deste grupo.

E não há forma melhor de se fazer isso do que utilizando pesquisas. Uma boa estratégia é realizar sua própria pesquisa, perguntando diretamente ao seu público informações que sejam relevantes para o seu negócio.

Você pode disponibilizá-las através de formulários ou questionários online, que podem ser respondidos fácil e rapidamente.

Você pode tornar o questionário mais dinâmico usando questões de múltipla escolha, sim ou não em escala de notas, por exemplo.

Além de serem mais tranquilos de se responder, esses modelos de questionários permitem maior precisão e honestidade do consumidor. Sem falar que respostas abertas são muito mais complicadas de validar e contabilizar.

Mas o importante é agregar um volume significativo de informações com validade estatística, independentemente do método de pesquisa. Com as respostas obtidas, é possível determinar e entender seu público e direcionar melhor as suas ações.

 

 

 

 Como criar vídeos que convertem

 

2-Pontue os Piores Problemas e dificuldades do seu público


Esse é o passo a ser dado logo após você ter definido quem é o seu avatar.

Não é fácil, eu sei, mas é necessário identificar quais são esses problemas e dificuldades – para que que você tenha a oportunidade de oferecer a solução, podendo assim ajuda-lo diretamente.

Seus clientes tem dificuldades em gerenciar projetos? Não sabem como usar um software ou ferramenta importante? Eles sabem com combinar roupas de modo elegante? Sabem como costurar? Como bordar? Fazer aquele doce especial?

Não importa com qual nicho você está lidando, sempre seus clientes estarão lidando com conflitos comuns entre si. 

Não sabe ainda quais são as dificuldades do seu público? Então uma boa ideia é fazer uma pesquisa (por exemplo usando Google Forms) ou pergunte para seu time vendas ou suporte.

Há uma grande chance deles estarem “cansados” de responder sempre as mesmas perguntas dos seus prospectos. E é ai que você encontrará as dores que precisão de soluções.

 

 

Como criar vídeos que convertem

 

3-Crie as Soluções usando Vídeos


Está com a listinha de dores do seu público em mãos?

Então está na hora de usá-la como tópicos para os seus vídeos.

Se o seu negócio é vender suplementos alimentares, você pode fazer vídeos mostrando diferentes tipos de treino, como treinar em casa, dicas de alimentação ou a importância do descanso para os músculos.

Se você oferece consultoria para empresários, assuntos como produtividade, gerenciamento de tempo e liderança são algumas ideias a serem abordadas.

Se você tem uma loja de roupas, pode fazer um vídeo mostrando as tendências da estação, como combinar peças de roupa, os melhores acessórios e outros assuntos similares.

Se você vende um produto de costura é a hora de deixar em evidencia a toda praticidade e benefícios que você oferece.

 

Como criar vídeos que convertem

 

4-Chamadas para Ação Poderosas


Essa é hora de fazer compensar todo o seu trabalho até aqui.

Você precisa de uma chamada para ação que seja simples objetiva e clara.

Esse será o momento em que sua audiência estará grata por você ter criado um vídeo com informações tão úteis para eles. E esse será o momento exato para um call-to-action (CTA). 

Neste momento você terá duas opções:

- Converter sua audiência em compradores, diretamente do seu vídeo de conteúdo;

- Ou pedir para que assinem sua lista de e-mails (ou curtam sua página no FB/assinem seu canal do YouTube) onde você irá convertê-los em clientes através de autoresponders, mensagens e webinários. Fazendo assim seu objetivo será ir aos poucos, influenciando e ganhando a confiança da sua audiência até transformá-los em clientes, um a um.

Depois desses passos, seu conteúdo estará pronto para fazer o mais importante, trabalhar pela sua empresa, 24 horas por dia, 7 dias por semana, criando automaticamente relacionamentos e gerando cada vez mais confiança e credibilidade com as pessoas interessadas em seu produto.

Ter um anúncio, bonito bem feito e relevante é ótimo, mas se nele não tiver um call-to-action (CTA), seu potencial cliente poderá não saber o que fazer em seguida.

Faça uso de CTAs como "Compre agora e economize x%", ou então "A oferta termina em breve" e em seguida faça uso do senso de urgência "apurando" seu cliente em potencial.

O CTA que você for usar deve incentivar seus clientes em potencial a clicarem em seu anúncio naquele exato momento.

 

Como criar vídeos que convertem

 

Notas finais

E aí? Gostou das nossas dicas?

Compartilhe em suas redes sociais e marque aquele amigo que está começando a estudar sobre anúncios de vídeos.

Leia também os segredos dos anúncios que mais convertem e fique por dentro do assunto.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: